01 / 01

Arquitetura

Arquitetura sustentável: 7 práticas para aderir em seus projetos!

nov , 29
Arquitetura sustentável: 7 práticas para aderir em seus projetos!

Arquitetura sustentável é aquela que concilia a preservação ambiental à valorização social com viabilidade econômica. Práticas de arquitetura sustentável buscam minimizar os impactos no meio ambiente oferecendo, ao mesmo tempo, o máximo de conforto, praticidade e funcionalidade aos moradores. Isso, graças ao emprego de soluções de eficiência energética, economia de água, entre outras.

Um projeto que privilegie a condição de luminosidade natural e a ventilação cruzada, por exemplo, reduz a necessidade de lâmpadas acesas e até o uso do ar-condicionado. Por isso, cada vez mais pessoas investem em projetos de reformas que, mais do que beleza, tragam melhorias para a qualidade de vida da família.

Para ficar por dentro das novidades sustentáveis e, ao mesmo tempo, conhecer novos jeitos de reutilizar materiais que seriam descartados, acompanhe este post.

Práticas de arquitetura sustentável

Conheça sete maneiras de aderir às boas práticas para deixar sua casa mais bonita e sustentável!

1. Aproveitamento da energia solar

A energia e o calor da sua casa podem ser obtidos de maneira alternativa, a partir do aproveitamento solar. Vale a pena instalar painéis fotovoltaicos, para a geração de energia elétrica, e coletores solares térmicos, para o aquecimento da água.

2. Economia, coleta e reúso da água

Dos redutores de pressão no sistema hidráulico à instalação de arejadores nas torneiras e caixas acopladas com dois botões para descarga, vale tudo para economizar água. Inclusive, reserve um espaço para a cisterna de captação da chuva.

3. Revestimentos ecológicos

Há pisos e azulejos feitos de resíduos de poliestireno (isopor) e poliuretano (PU) recicláveis; laminados feitos com madeira de reflorestamento certificada; chapas de drywall que rendem elogios pelo isolamento termoacústico; entre outros. Essas são ótimas opções de revestimentos ecológicos.

4. Lâmpadas LED certificadas

Na hora de solicitar um projeto de iluminação, certifique-se do uso de lâmpadas com maior vida útil e menor consumo energético. Escolha apenas produtos devidamente regulamentados pelo Inmetro.

5. Móveis e objetos reciclados

A madeira de demolição, além de dar charme ao mobiliário, é uma maneira criativa de reutilizar itens que seriam descartados como entulho. O material também pode ser usado em painéis decorativos. O uso de itens reciclados, em geral, é uma boa pedida.

6. Tecnologias de automação

Invista em sensores de presença, que permitem adequar a iluminação ao uso dos ambientes, bem como em sistemas para controlar a abertura das cortinas, a climatização dos espaços e muito mais.

7. Mais verde dentro de casa

Não esqueça o emprego do verde, tendência sempre em alta em projetos de design. O uso de plantas traz uma série de benefícios para a qualidade do ar dentro de casa. Invista em jardins verticais, telhados verdes, miniestufas, terrários pendentes e outros formatos diferenciados.

Atitudes ecologicamente corretas

Para concluir, no canteiro de obras garanta que os pedreiros tenham atitudes sustentáveis, evitando o desperdício de materiais de construção e promovendo seu descarte correto.

Como visto, para conseguir manter um estilo de vida consciente, é preciso viver em um ambiente que facilite a tomada de atitudes ecologicamente corretas no dia a dia. Tudo isso sem abrir mão da praticidade, do conforto e da beleza do design.

Se você tiver outras dicas de práticas de arquitetura sustentável, bem como dúvidas ou considerações, divida com a gente e deixe seu comentário no post!

Compartilhe esse post

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Carol Buhatem

Arquitetura de interiores
e Iluminação

Newsletter

Assine para receber minhas novidades!