01 / 01

Arquitetura

A importância das cores na decoração da casa: saiba mais!

fev , 14
A importância das cores na decoração da casa: saiba mais!

Decorar a casa é uma atividade muito prazerosa, não é mesmo? Pensar em cada espaço e organizar tudo de acordo com o seu gosto traz uma satisfação significativa. Mas, antes de comprar os materiais e reformar a casa, você precisa entender a importância das cores na decoração.

Afinal, elas produzem efeitos no ambiente e você precisa escolher o mais agradável para o seu lar. Ficou curiosa? Então continue lendo esse texto e entenda!

Comece pelas paredes

Escolher as cores das paredes é o primeiro passo de uma decoração, pois essa escolha irá influenciar em todas as demais etapas. De acordo com a cor escolhida, o esforço visual pode tornar-se mais agradável e os espaços podem parecer mais amplos, luminosos, quentes, frescos, alegres e criativos.

Mesmo que você já tenha um tom em mente, é importante pesquisar vários mostruários antes de comprar a tinta. As cores variam muito de acordo com as marcas.

Entenda o significado das cores

A preocupação com as cores não envolve apenas a estética, mas os sentimentos e sensações que elas causam. Existe uma ciência milenar chinesa que estuda os efeitos das cores. De acordo com o Feng Shui, as cores influenciam nas energias dos ambientes, na saúde, nos relacionamentos e nas pessoas.

Descubra o significado das principais cores e como usá-las na decoração.

Branco

Esse tom é muito comum e está ligado à paz. Como ele reflete a luz, é bastante utilizado para espaços com carência de luz natural ou dimensões menores, provoca a sensação de amplitude e estimula a imaginação. O branco forma uma ótima composição com a madeira, principalmente as mais escuras. Mas vale investir em itens coloridos, em tons quentes, para dar mais vida ao ambiente.

Amarelo

Essa é uma cor energizante, proporciona ao ambiente uma atmosfera ativa e estimulante. Como trata-se de um tom quente, capaz de potencializar a luz natural, é indicado para lugares frios e de pouca  iluminação.

O amarelo desperta o intelecto e a criatividade, além de facilitar a concentração e a atenção, portanto, pode ser usado em escritórios e ambientes de estudos. Combina com o cinza e madeiras (claras e escuras).

Azul

O azul tem efeito relaxante e tranquilizador, lembrando o céu e o mar. É ideal para ambientes de repouso, como o quarto, pois também ajuda a conciliar o sono. Para não ficar cansativo, trabalhe com as variações do tom: azul claro, anil, lavanda, marinho e royal. O contraste com branco e as madeiras claras ajudam na harmonia e na quebra da monotonia do ambiente.

Verde

por ser uma cor muito presente na natureza, ela passa segurança e esperança. Esta é uma cor associada à família, sendo uma boa aposta para ambiente que reúnam os familiares e amigos, funcionando para decoração da sala de jantar ou sala de estar, por exemplo. Leva frescor e calma para qualquer ambiente. Para ampliar espaços pequenos, use verde-água ou maçã. Se quiser destacar apenas uma parede nesse tom, opte pelo pistache.

Além de sofisticado, o verde cria ambientes acolhedores. É uma das tendências de decoração para 2018. Combine o verde com branco, bege, castanho, cinza ou azul.

Lilás

O lilás tem efeito purificador e tranquilizante. Acalma a mente e o coração, além de renovar as energias, por isso é bem-vindo em áreas sociais e dormitórios. O roxo e o violeta formam contrastes interessantes, mas, para não usar o tom em excesso, invista em outras cores, como o branco, o cinza e o rosa.

Marrom e tons terrosos

A naturalidade está caracterizada em ambientes com esses tons, sendo uma cor sólida, é tradicionalmente associada ao conforto. Uma cor ainda mais bela quando entra em contato com a luz, possibilitando trabalho com a iluminação. Combina com tons sóbrios e neutros, além do dourado se a intenção for luxuosidade.

Agora que você entende sobre a importância das cores na decoração, já pode imaginar qual delas se encaixa melhor com o seu imóvel e com os sentimentos que você deseja proporcionar. Com bom gosto e criatividade, não tem como errar. Mas, para não ter dúvidas, procure um profissional para orientá-la.

Gostou das dicas? Então siga-nos nas redes sociais e acompanhe outros conteúdos como este. Estamos no Facebook e Instagram, confira!

Compartilhe esse post

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Carol Buhatem

Arquitetura de interiores
e Iluminação

Newsletter

Assine para receber minhas novidades!